Manipulando eventos no AutoCAD - Parte 1

0 milhões de comentários
Bom dia pessoal!!!

Vamos sair um pouco desses programas que estou criando e vamos voltar um pouco nas origens do blog.

Vamos de "tutô"!!!

Neste, vamos tentar entender EVENTOS.

O que são eventos?

Eventos são ações disparadas em certas situações, por exemplo, quando desenhamos uma simples linha no cad, um evento ObjectAppended é disparado no database do desenho atual.

Este evento informará o "sender", no caso qual database (pro caso de você ter vários desenhos abertos) e mais algumas informações em uma classe "ObjectEventArgs". Nela, terá uma propriedade que informa qual objeto foi adicionado.

Bem, esta postagem não é a ajuda da API do AutoCAD, então se você quer ver mais explicações sobre este evento, deve olhar lá na ajuda da API, ok?

Usamos eventos sempre que queremos que o nosso programa reaja a uma ação do usuário (ah, o usuário.... este ser incompreendido, heheheh)

Não seria legal que quando o usuário carrega seu programa, este já "configura" os menus, adiciona o programa no "autoload" para que não precise mais fazer NETLOAD depois da primeira vez alem de "ligar" outros eventos no programa?

Seria, né? Então vamos ver o primeiro evento que vamos precisar: INITIALIZE/TERMINATE



Para usar os eventos de inicialização e encerramento, precisaremos de uma classe publica que implemente "IExtensionApplication" que está no NameSpace "Autodesk.AutoCAD.Runtime"

Note, esta classe é criada e executada UMA UNICA VEZ após o NETLOAD. Em princípio, você não deve criar outras instâncias desta classe durante a execução do AutoCAD.

Após o usuário ter feito o NETLOAD, o AutoCAD procura por uma classe que implemente este "IExtensionApplication" e se encontra, a instancia e executa o método INITIALIZE.

Quando o usuário FECHAR o AutoCAD, antes de encerrar, o AutoCAD executa o método TERMINATE desta classe.

Quer dizer que é aí que eu colocaria "PROGRAMA CARREGADO" pra aparecer após o netload??
Isso mesmo, Veja:


E pra carregar o menu, adicionar o programa no autoload? Bem, isso tudo você irá implementar dentro da sub Initialize, conforme descrevo no "Curso de Programação para Civil 3D e AutoCAD".

Para que o seu programa funcione bem, é preciso "escutar" uma série de eventos em diversos objetos. Os principais são:

Para o documento ( o dwg em si ):
DocumentCreateStarted
DocumentCreated
DocumentActivated
BeginDocumentClose
BeginSave
SaveComplete

Para o database ( a base de dados do documento ):
ObjectAppended
ObjectErased
ObjectModified

E para os comandos que o usuário for usando:
CommandWillStart
CommandCanceled
CommandEnded
CommandFailed

Estes são os que eu mais uso. Não significa que você irá usar todos e também não significa que só tem esses, ok?

Bom, esta postagem será a primeira parte sobre eventos. 

Em breve, a segunda parte. Nela, vamos ver as "assinaturas" (sintaxe de como usar) destes eventos e como adicionar um mecanismo de "liga/desliga" ok?





Criando Lista de Materiais no programa SOLIDOS

0 milhões de comentários
Estava faltando este vídeo também, hehehe

Este vídeo mostra o processo de criação de lista de materiais a serem utilizadas no lançamento das redes.
Esta lista pode ser feita com dispositivos que foram criados em outros projetos, ou importados de um catálogo externo, compatíveis com o programa SOLIDOS.
Também mostra como criar uma rede e lançar os dispositivos usando a lista de materiais criada.
Link de download do programa SOLIDOS: https://tbn2net.com/SOLIDOS



Extraindo a compensação lateral no civil 3D com ajuda do DDM

0 milhões de comentários
Fazia tempo que estava devendo este vídeo.

Bem, então agora não devo mais!!!

Este vídeo irá mostrar como obter as áreas da compensação lateral, descontando-a dos cortes e aterros, para que se possa calcular a escavação de compensação lateral separadamente do corte, uma vez que este serviço não implica em carga e transporte. 

Link do programa DDM, para cálculo de distribuição de terraplenagem em obras lineares: https://tbn2net.com/DDM


Link com o exemplo do vídeo: https://tbn2net.com/static/secoes.zip

 


O que é compensação lateral?

Bem, na terraplenagem de rodovias, normalmente temos o corte e o aterro apenas, quando muito, o corte é dividido em primeira, segunda e terceira categorias.

O serviço de corte normalmente é orçado como "Escavação Carga e Transporte de material de primeira/segunda/terceira categoria com DMT entre XXX e YYY metros"

Isto implica cortar, carregar, transportar e então descarregar o material.

A compensação lateral acontece sempre que tem-se uma seção mista de corte e aterro:


Na imagem acima, vemos este tipo de seção mista

A área vermelha é corte e a área verde é aterro. 

O material cortado nesta seção não será carregado, transportado e descarregado em outro local, mas sim "empurrado" lateralmente. Assim, não faz sentido falar em "escavação, carga e transporte", que seria um serviço de terraplenagem mais carro, por envolver mais componentes (a carga, o transporte e descarga)

Bom, então se faz necessário separar isso. É possível fazer no Civil 3D?
Implicitamente ele faz naquele "Mass Haul Diagram", uma vez que as ordenadas do diagrama de Bruckner são dadas pela equação:

Ordenada(i) = Ordenada(i-1) + VolCorte(i) - VolAterroHomog(i)

Onde:
VolCorte, é o volume de corte GEOMÉTRICO
VolAterroHomog, é o volume de aterro homogeneizado, isto é: Volume de aterro geométrico multiplicado pelo fator de homogeinização (não confundir com o fator de empolamento)

Mas, e os valores? Bem... Aí complica....

O vídeo mostra como obter estes valores do civil 3D, com o uso do meu plugin, o DDM

Para usar ele, baixe ele aqui: https://tbn2net.com/DDM


No exemplo, você verá o material list:


E com ajuda do comando DDMLINK (do programa DDM), obterá as áreas:


No exemplo do arquivo do DDM (que acompanha o DWG), você verá as seguintes equações de importação:

Para importar as áreas do corte que será distribuído LONGITUDINALMENTE, isto é, irão gerar o serviço "Escavação, Carga e Transporte de Material de primeira/segunda/terceira Categoria"

IF( {SLG-1:CORTE} > {SLG-1:ATERRO} * 1.2 , {SLG-1:CORTE} - {SLG-1:ATERRO} * 1.2 , 0 )

Para importar as áreas da compensação lateral de corte, que será distribuído LATERALMENTE, isto é, que irão gerar o serviço "Escavação de material de primeira/segunda/terceira Categoria", portanto sem a carga e sem o transporte e consequentemente com DMT = ZERO:

IF( {SLG-1:CORTE} > {SLG-1:ATERRO} * 1.2 , {SLG-1:ATERRO} * 1.2 , {SLG-1:CORTE} )

Observe, que as equações servem para separar da área de corte que aparece no material list em duas áreas: corte e compensação (explicadas acima)

Para o aterro, também devemos separar do corpo de aterro, o valor da compensação lateral, para isso usei as seguintes equações:

Para calcular as áreas de aterro:

IF( {SLG-1:ATERRO} > {SLG-1:CORTE} / 1.2 , {SLG-1:ATERRO} - {SLG-1:CORTE} / 1.2 , 0 )

Para separar os aterros que receberão a compensação lateral:

IF( {SLG-1:CORTE} / 1.2 > {SLG-1:ATERRO} , {SLG-1:ATERRO}  , {SLG-1:CORTE} / 1.2 )

Este 1,2 que aparece nas equações, nada mais é que o FATOR DE HOMOGEINIZAÇÃO (não confundir com fator de empolamento!). E antes que me pergunte, hora ele divide, hora multiplica, pois devemos comparar as áreas geométricas (no vídeo eu explico melhor, asiste!!!)

Por fim, como queremos que o corte lateral seja colocado no aterro lateral, devemos criar um artifício dentro do DDM para isso.

Este artifício soará como "gambiarra", mas em fim, heheheh, o objetivo do DDM inicialmente foi projeto de ferrovia. lá, temos uma material list um pouco maior:


Este artifício consiste em colocar valores para o CBR, Expansão e Permeabilidade tais que o material de corte só sirva para o aterro e a compensação lateral de corte só sirva para a compensação lateral de aterro. O que fará os DMTs serem necessariamente iguais a ZERO

Ainda tem um outro jeito de fazer isso, que seria usando o recurso de "Limitadores" do DDM. Mas aí você terá de ler na ajuda do plugin como fazer usando ele.

Bom, é isso. Este exemplo é pra mostrar como obter a compensação lateral. Quando sobrar um tempo, vamos fazer aquele estudo de caso que está na ajuda do programa DDM, ok?

Programa SOLIDOS, bueiro ovoide

0 milhões de comentários
Hoje não tem vídeo, só a imagem da galeria ovoide padrão DER-SP:

Nesta vista, tem a visualização do bueiro no projeto. A escavação da galeria foi suprimida, para não poluir o desenho. Obviamente o programa a calculou.




O detalhe da construção da ala:



Levei cerca de 2.5 horas para modelar este dispositivo.
Achei super rápido, visto a quantidade de informação para chegar neste modelo.

Aqui, o modelo do Ovoide:



Este também, cerca de 2 a 3 horas para modelar. O mais difícil foi entender o esquemático que fiz:



Nele, estão as variáveis, onde elas se aplicam.

Com estes parâmetros, calculam-se os pontos, linhas, arcos, polilinhas e pronto, é só extrudar e cortar
Claro que tem um pouco mais aí, mas é detalhe.

Na próxima atualização da versão de testes, estes dois dispositivos estarão disponíveis para teste e...Dimensionamento hidráulico!!!

É isso, gostaria de testar o programa gratuitamente?

Baixa ele aqui:

Ah, estou traduzindo o programa para o inglês. Tenho dois camaradas ajudando a traduzir para o espanhol e para o russo. Gostaria de ajudar? venha conversar comigo no whatsapp 41 99827 5531

Criando Tubo Dublo (BDTC)

0 milhões de comentários
Este vídeo mostra como reaproveitar o modelo do BSTC e criar o BDTC (bueiro duplo tubular de concreto) apenas incluindo algumas atividades.

Também mostra a inserção deste no projeto, considerando a esconsidade do bueiro em relação ao eixo da estrada.

A edição no projeto mostra ainda o ajuste desta esconsidade nas paredes da ala, de forma simples e eficiente.
Download do programa SOLIDOS: https://tbn2net.com/SOLIDOS


Criar Tubo Circular (BSTC)

0 milhões de comentários
Este vídeo mostra a criação do BSTC (bueiro simples tubular de concreto), com opção de ângulo de corte à montante e a jusante, com indicação da seção hidráulica e eixo 3D, bem como a utilização do modelo no projeto, atribuindo-lhe a opção de escavação de vala ou não destrutivo, com conexão em bocas padrão de concreto ciclópico.
Download do programa SOLIDOS: https://tbn2net.com/SOLIDOS


Criar descida d'água no talude

0 milhões de comentários
Este vídeo mostra a criação de um dispositivo linear, a descida 'água, onde leva-se em conta a deformação causada pela declividade do talude.

Também é mostrado o lançamento no projeto, com conexão com a saída da descida no terreno natural
download do programas SOLIDOS, aqui: https://tbn2net.com/SOLIDOS


Ajustando a Saída de Descida d'Água

0 milhões de comentários
Segunda parte do vídeo sobre a criação de uma saída d'água de descida no terreno natural

Neste vídeo, você verá como corrigir a propriedade chanfro, que distorce a estrutura por estar permitindo qualquer valor nesta propriedade, quando deveria ser calculada


Criar Saída de Descida no Terreno

0 milhões de comentários
Neste vídeo, você verá o processo de criação um dispositivo no modelador do programa SOLIDOS e também o lançamento deste no projeto.
Este vídeo é dividido em duas partes, onde o modelo será criado e na segunda parte, será feito um ajuste, para enfim usar o dispositivo no projeto.


Apresentação SOLIDOS

0 milhões de comentários
E vai começar!!!

Primeiro vídeo oficial do plugin SOLIDOS



Neste vídeo você verá, em linhas gerais, como instalar, visualizar modelos e usar alguns exemplos já criados no programa.

Sim, o vídeo saiu um pouco longo, hehehe, se preferir assistir por tópicos depois, fique a vontade!!!

Esta é uma versão de testes, então bugs podem aparecer, aliás, se você ajudar a encontrar estes bugs, será ótimo!!

Sim, quem tem uma licença do C3DRENESG4 poderá eventualmente trocar de programa, com um belo desconto!!

Quem ajudar a encontrar os bugs, também!!

Ainda não defini preço da licença, primeiro tenho de terminá-lo. Já é possível criar os dispositivos e até mesmo usar, dimensionar redes de drenagem e esgoto, enfim. Algumas coisas ainda precisam ser trabalhadas é nisso que eu espero o seu feedback, ok?

SOLIDOS - Versão de avaliação

0 milhões de comentários
Hoje é dia de atualização!!!

Olha só isso:




Note que esta é uma versão ALPHA, que ainda contém bugs. Algumas funções ainda estão desabilitadas, no entanto já é possível fazer o projetinho acima (é o dwg de exemplo que acompanha o programa)

Bom, baixe e instale o programa, ah, se você tem algum outro plugin TBN2NET, terá de atualizar eles para que não ocorram conflitos entre as DLLs das instalações, OK? Devo arrumar isso logo....

Por padrão o programa SOLIDOS é instalado nesta pasta:

C:\Program Files\Autodesk\ApplicationPlugins\SOLIDOS.bundle




Abra a ajuda. Leia!!! Preciso do seu feedback!!!

Abra os arquivos DWG da pasta Suporte, sobretudo o exemplosPontual_2020.dwg , que é o DWG da imagem acima

Ah, tem um arquivo DOCX no pacote do programa:


Dê atenção a este documento. Como o programa está em fase de testes, pontuai alguns tópicos a avaliar.

Ah, LEIA O ARQUIVO SOLIDOS_LEIAME.TXT, POR FAVOR!!!


Modelador do plugin SOLIDOS

0 milhões de comentários
Boa noite pessoal!!

É eu sei que está demorando, heheheh.

Hoje eu finalizei a ajuda das ferramentas do modelador do programa:

São dezenas de ferramentas, para as mais variadas atividades que modelam, por exemplo:


Note como a interface está evoluindo!!

Agora o programa avisa (no rodapé) quando o dispositivo modelado tem problemas ou se já pode ser utilizado:



O program também avisa quando qualquer propriedade tem algum problema:


Algumas atividades deram um certo trabalho, mas o resultado é ótimo:



No designer, o fluxograma é bem fácil de organizar:


Isso mesmo, é possível criar "loopings" (chupa subassembly composer!!!) para repetir uma sequencia de atividades que constroem isto:


Antes que você pergunte:

Quanto vai custar? 
Ainda não defini. 
Mas não deve ser muito diferente do valor cobrado no C3DRENESG4

Quando vai ficar Pronto?
Mais alguns dias, deixa eu matar os bugs mais evidentes!!

Vai ter suporte?
É Claro!! é isso que estou fazendo agora

Vai ter desconto para quem tem licença do C3DRENESG4
Sim, vai afinal você acreditou no meu trabalho!!!

Vai ter os dispositivos do DER-SP, DNIT?
Sim, já olhou as postagens anteriores? Os dispositivos são modelados pelo próprio usuário e pretendo disponibilizar um catálogo bem interessante, veja alguns exemplos:


Vai poder exportar os modelos para arquivos externos?
Sim!!!

Usa o piornetwork do Civil 3D?
Não, o pipepenework parou em 2004, converse com a Autodesk, hehehe

Os projetos que ja tenho no C3DRENESG4 vão poder ser convertidos para o novo plugin?
Sim, mas o contrário não

Vai poder usar estilos e labels?
Sim!!!

Vai exportar pro NAVISWORKS com as propriedades?
Vai, já mostrei isso aqui no blog, aqui também

Calcula escavação?
Sim, veja aqui, com banqueta, sem banqueta, vala retangular ou trapezoidal,  com notas de serviço e tudo mais!!

Plugin SOLIDOS - dispositivos longitudinais (canaletas, sarjetas, etc)

0 milhões de comentários
Hoje foi o dia de adicionar dispositivos longitudinais (canaletas, sarjetas)

Deu trabalho, mas o resultado compensou!!!

Olha só a imagem!!

 Obviamente, só coloquei 3 pontos para facilitar a visualização.

Depois, na planta pode-se adicionar quantos pontos forem necessários.

Gostou? saiba mais sobre o plugin na minha página: https://tbn2net.com/SOLIDOS


Ah, sim, também inclui uma série de novas ferramentas ao editor, tais como o Loft, 3DPoly entre outros.

Agora veja a imagem abaixo:

Perceba que não terá apenas tubo e PV!!!


A ideia é ter dispositivos "genéricos" para redes "genéricas".
Mas o que seriam redes genéricas?


Considere a imagem acima.

Nela, temos redes de drenagem, redes de esgoto (os objetivos iniciais do plugin!!!) e também redes genéricas, para que se possa criar redes para digamos, qualquer coisa: defensas, postes, pórticos...

Tendo um elemento que possa ser parametrizado (altura, largura, espessura, ou qualquer nome de medida que você tenha) e que possa ser discretizado por manipulações de sólidos (nome bonito para o plugin, hein?), pode ser feito e incluído ao catálogo:


Vai ficar maneiro!!!

Programa Solidos - PV Retangular Excêntrico

0 milhões de comentários
Mais um dispositivo construído pelo Solids Builder para o programa SOLIDOS:




Desta vez, foi o Poço de Visita. Características:
 - Corpo em alvenaria (concreto, etc, é configurável!!!)
 - Laje de concreto armado
 - Chaminé com tubo Circular
 - Possibilidade de adicionar excentricidade

Já temos os principais: Tubo, Galeria, PV, AlaEscada:



Já dá pra fazer o catálogo todo do Civil 3D neste formato

Perceba que desta vez tem até os ícones das ferramentas!!!

Na próxima postagem espero traduzir os nomes delas

Quais ações você acha interessante ter alem do Extrude, Join, Subtract, Revolve, Slice, Swept ?

Programa Solidos - Galeria Retangular

0 milhões de comentários
Hoje foi o dia da seção retangular:
As novidades: Possibilidade de seção simples, dupla ou tripla Possibilidade de convexidade em planta (melhor ajuste em locais que requerem pequenas mudanças de direção

Possibilidade de ângulo de corte na montante e jusante (melhor ajuste em tubo esconso) Primeiros testes do "gerador de ajuda" automatizado:
Possibilidade de importar/exportar o modelo para que se possa criar um catálogo:

Ah, também comecei a adicionar os ícones das ferramentas.

Obviamente muitos bugs ainda, hehehehe

Avanço do programa SOLIDOS

0 milhões de comentários
Boa noite pessoal!!

Hoje foi a vez dos tubos.

O plugin SOLIDOS (já está me parecendo um bom nome, não?) já tinha este dispositivo implementado via código. Agora, com o "Solids Builder" funcional, resolvi experimentar a mesma receita do bolo nele e o resultado:


Agora, a seção customizadas sendo utilizada na lista de materiais:


O tubo permite:

  1. Escolher Seção simples, duplo, triplo
  2. Corte não perpendicular nas pontas, para o caso de tubo esconso
  3. Seção paramétrica: espessura da parede, diâmetro
  4. Curvatura em planta (alguns tipos de tubos permitem certa curvatura em planta)
  5. Dimensionamento hidráulico


Amanhá, espero poder inserir ele em planta, hehehe

Ainda estou resolvendo os estilos, pois agora uma mesma seção customizada pode desenhar mais de um sólido.

Imagine a situação: O corpo do PV é de alvenaria, a chaminé é um tubo de concreto, a laje superior e inferior são de concreto de FCK>20MPa... ou seja, você poderá ter sólidos diferentes para cada "componente" do dispositivo


SolidsBuilder - Novo Plugin

0 milhões de comentários
Boa noite!!

Hoje vou mostrar mais um pouco do desenvolvimento do programa SOLIDOS.

No vídeo abaixo você vai acompanhar o desenvolvimento de um dos dispositivos mais complexos do álbum de projetos tipo do DER-SP: Boca de Bueiro de Concreto Ciclópico:



Este dispositivo está presente no catálogo do C3DRENESG4, usando a ferramenta nativa do Civil 3D para desenvolvimento destes dispositivos.

Sugiro fortemente você baixar o C3DRENESG4  e verificar o PartBuilder para este elemento:


Em seguida, compare com o vídeo.


O partbuilder é bom (cof, cof). Pena que ficou parado no tempo. Quem usou ele sabe da dificuldade para incluir novos dispositivos.

Já o Sub Assemby Composer, eu considero excelente e por isso me inspirei nele para criar o "Solids Builder" (nome pomposo, hein??)

Assiste o vídeo!!! Você vai ver que a modelagem de dispositivos é bem simples: dimensões de catálogo definem pontos, que definem polígonos, que definem sólidos.

Com um pouco de criatividade, sai!!!

Ah, você percebeu as "dimensions"? Elas fazem parte do preview, para que você possa "documentar" o dispositivo.

No próximo vídeo, irei mostrar a marcação dos conectores, os pontos onde o dispositivo pode se conectar com tubos ou escadas. Também os "grip points" para que possamos modificar o dispositivo como se fosse um bloco dinâmico.

E por fim, o uso em uma rede de drenagem real!!!

Fique atento para novidades!!!

Solids Builder - Modelador de sólidos para o novo plugin

0 milhões de comentários
Boa noite!!

Hoje vou mostrar um pouco mais do avanço do novo plugin que estou fazendo, o SOLIDOS (é ainda não arranjei um nome)

Veja:


Nesta imagem, vemos o SOLID BUILDER, que será o construtor de modelos de dispositivos do programa.

Pense no Sub Assembly Composer do Civil 3D.:



Você cria pontos, links e shapes nele.

Aqui, você cria os pontos (esferas magenta), que geram polígonos (laranja) que extrudam sólidos (verde/azul?), simples né?

Aí, tem os conectores, que são os pontos onde os tubos irão conectar.

E tem também os "grip points", aqueles cones verdes.

A ideia é parametrizar o dispositivo, então na tabela, você define as propriedades:


Com essas propriedades, você define os elementos: pontos, polilinhas...


Um exemplo:


Aqui, X, Y, Z do ponto "Point4" são definidos em função de ( L = Largura/2 ) e ( C = Comprimento/2 )

No exemplo abaixo, a montagem da polilinha:




No fim, o uso no plugin SOLIDOS:




Os próximos passos:


  1. Opção de colocar uns "dimensions", para que o usuário possa "documentar" seu modelo, saca? pra quando ele estiver montando o "parts list", tenha essas "dimensions" mostrando onde esta a largura, comprimento, etc
  2. Opção de ligar/desligar itens, pois se o modelo ficar muito complexo, desligar alguns itens ajuda na visualização
  3. Execução passo a passo, para que o usuário veja como está rodando o fluxograma da modelagem
  4. Incluir mais ferramentas de modelagem (slice, revolve, etc)
  5. Enfeitar os ícones
  6. Escrever a ajuda
  7. etc


Se parece com o Inventor? Sei lá, não tenho essa pretensão toda, hehehehe

Tem sugestões?

Entre em contato!!!
0 milhões de comentários
Boa tarde pessoal!!!

Bom, já lavaram as mãos, álcool gel, máscara, etc?

Pronto, esta postagem é para informar a adição do suporte ao AutoCAD/Civil 3D 2021

Na postagem anterior, informei que removi o suporte a algumas versões, você viu? (Veja aqui)

Não é viável manter aquelas versões até porque não registro mais usos naquelas versões.

Bom, todos os programas que desenvolvo agora também rodam no Civil 3D/AutoCAD 2021.

A lista dos programas está aqui: https://tbn2net.com/programas.php

TBN2NET - Avisos importantes - ou não

0 milhões de comentários

Bom dia!!!

Comunicado importante:

Hoje estou atualizando os programas TBN2NET e removendo o suporte a verões antigas do CAD.

Segue a lista de remoções:

C3DRENESG4
Civil 3D 2011

TBN2C3D
Civil 3D 2010
Civil 3D 2011
Civil 3D 2012
Civil 3D 2013

C3DMEMO
AutoCAD 2012
Civil 3D 2012
Civil 3D 2013
Civil 3D 2014
ZWCAD 2017
CADIAN 2017

TBN2CAD
CADIAN 2017

DDM
Civil 3D 2012
Civil 3D 2013

Obviamente que se você tem uma licença de algum destes plugins em alguma destas plataformas, a licença continuará funcionando. No entanto, novas atualizações só estarão disponíveis nas plataformas que os plugins têm suporte.

Estas remoções são motivadas pelo fato de não terem sido usadas nos últimos 12 meses, considero assim que novas licenças não serão registradas nestas versões.


Considere atualizar o seu CAD!

Com estas remoções, finalmente poderei abandonar o DOTNET Framework 3.5
Isso trará muitos benefícios, visto que poderei gastar o tempo em novos programas em vez de criar "artifícios" para que rodem em versões antigas....


Civil 3d 2020 FAIL

0 milhões de comentários
E estava eu lá, mais nervoso que potro com mosca na orelha


Lidando com aquele programa loco de bão (sugiro tu olhar agora!!!), para calcular um projetinho de drenagem aqui na região de Curitiba e me aparece a coluna da estaca, mal formatada:



Claro, pensei, esqueci o Station Index, deve estar em 100...
Sim, realmente estava, mas é claro que tem trocentos alinhamentos e setar um por um é um pé no saco:


Pensei, um lispezin aí vai bem:

(defun c:mudastationindex (/ ss ent vla)
  (
setq ss (ssget "X" '((0 . "AECC_ALIGNMENT"))))
  (
vl-load-com)
  (
repeat (sslength ss)
    (
setq ent (ssname ss 0)
      vla (vlax-ename->vla-object ent))
    (
vlax-put-property vla "StationIndexIncrement" 20.0)
    (
ssdel ent ss)
    )
  (
alert "Cabra bão!!!")
  )


E boas, só rodar, salvar e deixar os datashortcuts atualizarem o projeto...

É, no universo paralelo ideal, funciona... MASSSS no Civil 3D 2020 UPDATE 3 (o último até a data desta postagem)....

Tá lá, estrutura de pastas, "BIM" feitinha:


Alinhamentos no geométrico corrigidos:


E na drenagem?
Bem, lá...:


Nada... não funcionou!!! E sim, eu sincronizei...

Aí fui la ver as "notas da versão" 2020.1, 2020.2 e 2020.3 (esta não deu certo o link???? pqp) e não tem nada a respeito...

Até achei algo interessante lá:


Olha que interessante!!! AGORA (só agora!!!) é possível adicionar mais de uma bacia de contribuição na estrutura.

Aquele programinha doido que eu mencionei, faz isso desde 2013... aliás, adicionei essa opção nele, porque pensei que o Civil 3D entendia mais de uma área adicionada na estrutura e descobri que aquele "Analyze Gravity Network" não estava lendo todas as áreas... Aliás, confere aí se o SSA faz isso.

Tá eu sei que você normalmente não faz mais de uma área de contribuição, mas... se você adicionou mais de uma área por descuido, o resultado pode ser meio imprevisível e pra piorar, não é tão simples achar o problemas depois....

De qualquer forma, #ficadica: NÃO DEIXA DE LER A AJUDA DO PROGRAMA!!! faz toda a diferença pra você e você estará valorizando o puta trampo que é escrever isso....


Testes de desempenho no novo plugin

0 milhões de comentários


Hoje fiz uns testes de desempenho na edição 3m planta do novo plugin. Me parece bem fluído, o que acham?
Veja que o programa reage ao Stretch em planta e perfil, alterando a rede para que os dispositivos se encaixem da melhor forma.
Note que essas edições implicam no recálculo da rede, então tem de tomar cuidado com o "Rebuild Automatic".
No mais, estou escrevendo a ajuda do programa e está ficando muito bom!!

Curso de programação para Civil 3D em livro

0 milhões de comentários
Bom dia amigos!, Tenho uma ótima notícia para vocês!!!

Sabe aquele curso de programação para o Civil 3D que dei no ano passado?

Então, o resultado dele virou um livro e você pode adquirir ele no site da Amazon: https://www.amazon.com/dp/B084DG2JD8, ah, esta é a versão impressa:


Sim, também disponível para Kindle, aqui: https://www.amazon.com/dp/B084FJZ1S9


Confere a descrição:

Introdução a programação em DotNet para o Autodesk Civil 3D e Autodesk AutoCAD.

Este é um trabalho de um engenheiro civil que se aventurou no mundo da programação, para criar ferramentas que otimizam seu tempo, permitindo-lhe dedicar-se ao que realmente interessa: A Engenharia.


Projetos de engenharia em geral, tem muitos processos repetitivos e que são suscetíveis à falhas.

Esses processos em geral podem ser descritos em um programa de computador que reduzirão drasticamente as chances de erro e trarão mais velocidade ao desenvolvimento. Note, este é um trabalho de um engenheiro civil, portanto, muitos conceitos de programação ficaram de fora, a fim de tornar o resultado mais prático e interessante aos profissionais da área.

Mais dispositivos parametrizados

0 milhões de comentários
Dispositivos parametrizados: tubos circulares, ovoides e galerias. Simples, Duplo e Triplo.

As bocas de bueiro são: concreto armado, concreto ciclópico, alvenaria de blocos e ala de galeria. 

Ainda faltam alas especiais de tubos ovoides e metálicos. deve sair essa semana.

Isso tudo estará na próxima versão do C3DRENESG (https://tbn2net.com/C3DRENESG4)

Quer saber mais? entre em contato comigo!!!


Tá ficando interessante!!!

As seções irão calcular os parâmetros hidráulicos, escavação, validar regras, tem estilos... Aliás, olha esta projeção:


Na imagem, vemos a planta e o perfil do lado esquerdo e a vista 3D do lado direito.
No quadro de parâmetros, vemos as propriedades da ala selecionada.

O programa irá listar estas mesmas propriedades para o NAVISWORKS via Property Set:



O programa também irá manipular o QTO (quantity take off), facilitando a obtenção de quantidades dos mais variados serviços:


As regras podem ser construídas dinamicamente, assim uma infinidade de verificações pode ser facilmente:


E os Estilos? Sim, podem ser aplicados estilos variados, por exemplo:


O que? Mais dispositivos? Toma!!!
Já tem escada, descida, tubos, alas, PV, caixa, valetas, sarjetas e canaletas, sim padrão DNIT e DER-SP (logo terá mais!!)


O que, Você quer os dispositivos em verdadeira grandeza, para colocar no Infraworks? Na hora!


Tá eu quero ver é no Civil 3D:


Mais? Que tal locar a estrutura pela estaca/offset do eixo:



Ah, sei que você vai perguntar: E as tabelas? Sai uma nota de serviço disso?? Mas é claro, veja este exemplo:

É possível formatar o estilo que a tabela terá, incluindo colunas, cabeçalhos e títulos, por exemplo:


E sim, dá pra exportar para o Excel, ou HTML

Vai ser possível calcular uma rede de esgoto? E drenagem? E superficial?
Sim, o objetivo é este!! Veja:



Ah eu já tenho uma rede calculada no C3DRENESG4, dá pra importar para este novo programa?
É claro!, veja o DWG que vai com o C3DRENESG4, convertido para o novo programa (com um comando apenas!!):


Escavação?
Sim, com nota de serviço e tudo:


O programa está crescendo!!!

E quem tem a licença do C3DRENESG4? Como fica?

Fica bem, é claro! Quem tem a licença permanente terá desconto ao adquirir a licença do novo programa.

Bom, por hora é isso, aguardo seu contato, sugestões serão muito bem vindas!!!